18 February 2010

RECORDAR É VIVER (III)


O lendário - embora tenda a cair no esquecimento - certificado de licenciatura do "chefe máximo", em papel timbrado da falecida Universidade Independente, datado de 1996, onde constam o endereço e os números de telefone e de fax, numa data em que os números de telefone não apresentavam os indicativos 21, 22, 290, mas sim, 01, 02, 090 (a alteração só foi feita em 31 de Outubro de 1999)...



... assim como um assaz intrigante código postal composto por sete algarismos (1800-255): só em 1998 começaria a ser utilizada esta nova forma de indicação.

(2010)

7 comments:

Lugones said...

Mais um sinal da excelência do ensino, nesta saudosa Universidade.
Eles eram tão visionários, que preveram, antes de todos, a alteração aos indicativos, e códigos postais.

Lá dizia o lema da Universidade Independente: "Prepara para a vida".

Carlos Azevedo said...

A manifesta incompetência no modo como fazem chega a ser mais gritante do que o que fazem.

Lugones said...

Correcção: onde está "preveram", queria dizer "previram".

marta morais said...

Falta-nos o Fernando Peça com o seu "e esta, hein?"
E eu que só agora é que descobri que Sócrates não é o apelido do homem, é o segundo nome. Andei enganada estes anos todos. O homem na realidade chama-se José Sousa.

Anonymous said...

Não é nestes casos que se usa a novel expressão "é muito à frente"?

João Lisboa said...

Pois é... pelo número de page-views que o post já leva, até parece que é novidade.

Maquiavel said...

Vós num percebeis nada... aqui está a prova de que quem realmente impôs a alteração aos indicativos e códigos postais foi esta Univ Privada! E depois os CTT e ANACOM copiaram-lhes a ideia!