25 February 2021


"A comensalidade cocaniana é símbolo de relações sociais livres e igualitárias. Liberdade e igualitarismo que se manifestam também no plano sexual, estabelecendo uma certa identidade entre consumo de carne animal (alimentação) e de carne humana (sexo). (...) A comunicação entre os habitantes da Cocanha ocorre através da cumplicidade no excesso alimentar e sexual, através do parentesco entre os pecados da gula e da luxúria, denunciados pela teologia da época. (...) Realmente, na Cocanha, cada um, homem ou mulher, pode satisfazer seus desejos com quem lhe agrade e "Assim, uns fazem a felicidade dos outros". Quando (...) se fala que, na Cocanha, "todo o dia é belo como em Maio", reforça o clima de sensualidade do país, pois, para a cultura folclórica, aquele é o mês do amor. Para uma civilização agrária como a medieval, a Primavera estimula a alegria, revigora a sociabilidade. Redesperta a sensualidade. Coloca a excitação no ar. "No belo mês de Maio, cada galante muda de amante", afirmavam as canções trovadorescas" (Hilário Franco Júnior - Cocanha - A História de Um País Imaginário - 3)

Cocanha en Barcelona (ver aqui e aqui)
O momento de glória (por proximidade) do pasquim direitolas online (ah e tal, foi sem querer)
VINTAGE (DLVIII)

Cocteau Twins - "Pearly Dewdrops' Drops"

24 February 2021


(sequência daqui) Tinha-a entrevisto num álbum dos Watersons mas encontrou-a junto do mestre Stanley Robertson – cigano de Aberdeen, sobrinho da lendária Jeannie Robertson de quem herdou o reportório tradicional – e da também cigana Freda Black (não espanta, pois, que, num episódio da extraordinária série Peaky Blinders, tenha aparecido como cantor num casamento cigano). De ambos, aprendeu “o que realmente significa habitar uma canção e como permitir que a música nos guie”. Exactamente o que acontece quando "Turtle Dove" e "Soul Cake" se deixam exaltar nas vagas orquestrais buckmasterianas do ex-Suede, Bernard Butler, quando Liz Fraser (Cocteau Twins), furtivamente, com "Wild Mountain Thyme", alimenta o crescendo de "The Moon Shines Bright", e quando, em todas, a voz de Sam Lee – algures entre os dois Buckley, Tim e Jeff, com Christy Moore na memória –, altiva mas reverente, declama o passado como quem inventa o futuro.
 
Cabane - "Wooden Home" (feat. Bonnie "Prince" Billy & Kate Stables)
 
 (daqui)
 
"O Thomas ocupou-se sozinho de tudo. Pôs todo o seu corpo e alma neste projecto. Não é o género de pessoa disposta a fazer cedências por isso, muitas vezes, passa abaixo dos radares. Foi um prazer trabalhar com ele, tem um talento enorme e é um grande amigo meu. Já agora, esteja atento: há-de ser publicado um outro álbum com versões de outros músicos das canções de Cabane" (Kate Stables, caída ao chão na sala de montagem)
A religião prejudica gravemente a sua saúde (VIII)

23 February 2021

E que tal um único brasão gigante em forma de guitarra portuguesa, concebido pela Vasconcelos como uma "assemblage" de grandes latas de sardinhas em conserva? Cada uma das latas poderia ser aberta e, lá dentro,  ler-se-ia um poeminha do vhm ou escutar-se-ia a ululante fadista Mariza em patrióticas hemorragias vocais
 
Uma coisa assim mas em bom
Fazi & Hiperson - "You Turn My Face to Another Day"

Ainda nem um mês depois, parece ser necessário voltar a recordar que o problema não é "as escolas" mas o aumento de circulação das pessoas, justamente naqueles níveis ("creches e pré-escolar já no início de Março, seguido do regresso faseado à escola dos alunos do 1.º e 2.º ciclo") mais numerosos e em que a maioria dos alunos não vai desacompanhada para a escola
A correcta abordagem científica
 
(via DT)

22 February 2021

Visões de luxúria (ou The Life and Death of an Espresso Shot in Slow Motion)

A ANTIGA RESSONÂNCIA
 

Cecil Sharp estava de visita ao amigo Charles Marson, em Somerset, quando se deu conta de uma voz que, ali perto, cantava. Era o jardineiro da casa paroquial (para tudo o que se seguiria, convenientemente chamado John England) que entoava uma melodia tradicional, "The Seeds Of Love". Sharp puxou imediatamente do bloco de notas e transcreveu a canção que, na mesma noite, a discípula Mattie Kay interpretaria, acompanhada por ele ao piano. Seria a partir desse momento, em 1903, que Sharp se transformaria na mais importante figura do "folk revival", enquanto recolector, divulgador e arquivista.

 
Muito justamente reintitulada "The Garden Of England (Seeds Of Love)" – John, o jardineiro, merecia a homenagem – é a canção que abre Old Wow, o terceiro e magnífico álbum do polivalente Sam Lee: ambientalista em inúmeras plataformas (ao lado da “Extinction Rebellion”, em Abril de 2019, inundou a Berkeley Square, de Londres, com o canto de rouxinóis), autor de programas de rádio na BBC, recolector, compositor e cantor folk, em demanda da “antiga ressonância, aquela vibração que se apossa das canções folk”. (daqui; segue)
O "Ur-Fascismo" (VI)

"7. Aos que estão privados de qualquer identidade social, o Ur-Fascismo diz que o seu único privilégio é o mais comum de todos, o de terem nascido no mesmo país. É esta a origem do 'nacionalismo'. Além disso, os únicos que podem fornecer uma identidade à nação são os inimigos. Assim, na raiz da psicologia Ur-Fascista está a obessão da conspiração, possivelmente internacional. Os partidários têm de se sentir assediados. O modo mais fácil de fazer emergir uma conspiração é o de fazer um apelo à xenofobia. Mas a conspiração também tem de vir de dentro: costumam ser os judeus o melhor bode expiatório, dado que apresentam a vantagem de estarem ao mesmo tempo dentro e fora" (Umberto Eco, Como Reconhecer o Fascismo/Da Diferença Entre Migrações e Emigrações)

Dream Can - "Kill the Man"

(de Into Sparks - álbum integral aqui)

21 February 2021

Se, do passado, pode retirar-se alguma previsão do futuro, este projecto de superstição partilhada está destinado a um enorme sucesso
 
Bill Callahan & Bonnie Prince Billy (feat. Cassie Berman) - "The Wild Kindness" (David Berman)

"Continuing their covers series, Bill Callahan and Bonnie 'Prince' Billy have recruited Cassie Berman (David Berman’s former wife and bandmate) for a rendition of Silver Jews’ 'The Wild Kindness.' As Bonnie 'Prince' Billy notes, there were a ton of guest vocalists, too: Haley Fohr, David Pajo, Meg Baird, Bill MacKay, Cory Hanson, and Matt Sweeney are among the many singers" (sugerido nesta caixa de comentários)