17 April 2014

Mas custa assim tanto a compreender que, quando dois tipos se põem ao telefone a conversar sobre bola, carros e gajas, o assunto não se deixa esgotar só em um ou dois telefonemas?
"You see, there are still faint glimmers of civilization left in this barbaric slaughterhouse that was once known as humanity. Indeed that's what we provide in our own modest, humble, insignificant... oh, fuck it"

Os "Dauerlings" estavam tão mortinhos por mostrar o brinquedo novo que nem leram o manual de instruções

Vamos morrer todos cheios de saúde
VINTAGE (CCI)

23 Skidoo - 7 Songs (dir. Richard Heslop)

Eis um dos milhares de portugueses que, fora do país, com muito melhores condições de trabalho, demonstram que somos tão bons ou melhores que todos os outros

16 April 2014

Que obsessão!... Já há dois anos ele tinha explicado tudo
Jovem, adere ao ideal europeu!


... e, já agora, alarga o espectro 
da tua cultura musical!
... até demorou tempo demais...

"Se hoje houvesse uma polícia política ela nem precisaria de nova legislação, bastava consultar o fluxo de facturas do fisco, para saber o que eu faço o dia inteiro: o que eu como, o que eu consumo. Cruzando com os dados do multibanco, tudo estaria disponível" (JPP)

15 April 2014

FADISTA


Quando escreveu "The Part You Throw Away", Tom Waits – como conta o seu ex-guitarrista, Joe Gore – até poderia estar convencido de que se tinha transformado no primeiro autor norte-americano de um fado. Mas a verdade é que, se essa canção até se dava alguns ares de fadistice, a querermos encontrar um equivalente além-Atlântico para a figura do fadista, o candidato é apenas um: Micah P. Hinson. Não por corresponder exactamente às características que Pinto de Carvalho, na História do Fado, de 1903, atribuía ao protótipo histórico lisboeta – “minado de taras, avariado pelas bebidas fortes e pelas moléstias secretas, com o estômago dispéptico, o sangue descraseado e os ossos esponjados pelo mercúrio, é um produto heteromorfo de todos os vícios, atinge a perfeição ideal do ignóbil” -, embora partilhe algumas, mas porque a ideia de sorte malvada, destino traçado e maldição garantida parece ter sido criada de propósito para ele.



Conhecemo-lo em 2004, acabado de escalar um abismo que, aos 19 anos, dependente de tranquilizantes, sem abrigo nem um cêntimo no bolso, o atirara para a prisão, após uma história desgraçada com mulheres fatais. A escada de salvação chamava-se ... And The Gospel Of Progress e foi motivo de grande assombro. Dois anos depois, qual Thomas De Quincey, encontrava-se, de novo, a abusar de analgésicos, em consequência de um acidente que o forçara a hospitalização. A cura para a ressaca, dessa vez, foi ... And The Opera Circuit e, uma vez mais, choveram louvores. Um anjo redentor, na pessoa de Ashley Bryn Gregory, apareceria na vida dele – e nas capas de ... And the Red Empire Orchestra (2008) e …And the Pioneer Saboteurs (2010) – mas, em 2011, a carrinha que o transportava em tournée por Espanha despistou-se e a terrível possibilidade (não confirmada) de perder a mobilidade dos dois braços pairou durante o tempo suficiente para que, em ... And The Nothing, ele apenas cante, reaproveitando temas anteriores ao desastre. Acompanhado por músicos britânicos e espanhóis, nunca terá sido, contudo, tão "deep southern" como agora, quase um avatar de Johnny Cash que se desse bem com theremins e quartetos de cordas em dissonâncias estridentes, maldissesse avinagradamente Deus, a vida e os antepassados e soasse... haverá outra forma de o dizer?... tão fadista.
VINTAGE (CC)

Matching Mole - Matching Mole

Matriz de redacção tipo "As minhas férias" ou "A Vaca" para os exames finais de Português do 9º ano
Deve ser assaz fascinante assistir a uma "masterclass" da Raquel Freire 



acerca das diferenças da queca sob ditaturas de esquerda e de direita

13 April 2014

Vidinha dura e difícil

Relvas, em tournée permanente por África e Brasil, segundo o "Expresso", "adorou o último [livro] de José Rodrigues dos Santos sobre a vida de Gulbenkian", "confessou em privado que nunca voltará a lugares que o obriguem a apresentar declarações de rendimentos" e "passou a tomar Kainever para dormir nos voos"

LONGA VIDA, MUITO LONGA!

12 April 2014

Olha, Polyprion Americanus *, só "a ligeira depressão que possuis na cabeça" (e esta é a hipótese benigna) poderá explicar que não tivesses reparado que, nesse Liceu Camões -, tal e qual como agora, em todas as escolas, mesmo dando o desconto da peçonha inoculada pelas ESEs, coisa miseravelmente "eduquesa" e blococentralista, por exelência -, havia óptimos professores, por acaso (repito: por acaso), todos "do contra" e magnificamente fodidos no grau de exigência, e, naturalmente, péssimos tarimbeiros, por acaso (repito: por acaso), todos politicamente desatentos ou claramente fachos, a assinar o ponto "porque sim" - o "pool" de recrutamento dos alunos é que, notoriamente, era consideravelmente diferente

"daí o seu nome em inglês (wreck="destroço")
Micah P Hinson - "Not Dark Yet" (B. Dylan)



Shadows are falling and I’ve been here all day
It’s too hot to sleep, time is running away
Feel like my soul has turned into steel
I’ve still got the scars that the sun didn’t heal
There’s not even room enough to be anywhere
It’s not dark yet, but it’s getting there
Well, my sense of humanity has gone down the drain
Behind every beautiful thing there’s been some kind of pain
She wrote me a letter and she wrote it so kind
She put down in writing what was in her mind
I just don’t see why I should even care
It’s not dark yet, but it’s getting there
Well, I’ve been to London and I’ve been to gay Paree
I’ve followed the river and I got to the sea
I’ve been down on the bottom of a world full of lies
I ain’t looking for nothing in anyone’s eyes
Sometimes my burden seems more than I can bear
It’s not dark yet, but it’s getting there
I was born here and I’ll die here against my will
I know it looks like I’m moving, but I’m standing still
Every nerve in my body is so vacant and numb
I can’t even remember what it was I came here to get away from
Don’t even hear a murmur of a prayer
It’s not dark yet, but it’s getting there

VINTAGE (CXCVIII)

Juliette Gréco - "La rue des Blancs-Manteaux"



Dans la rue des Blancs-Manteaux
Ils ont élevé des tréteaux 
Et mis du son dans un seau 
Et c'était un échafaud 
Dans la rue des Blancs-Manteaux

Dans la rue des Blancs-Manteaux 
Le bourreau s'est levé tôt 
C'est qu'il avait du boulot 
Faut qu'il coupe des généraux 
Des évêques, des amiraux, 
Dans la rue des Blancs-Manteaux

Dans la rue des Blancs-Manteaux 
Sont venues des dames comme il faut 
Avec de beaux affûtiaux 
Mais la tête leur faisait défaut 
Elle avait roulé de son haut
La tête avec le chapeau 
Dans le ruisseau des Blancs-Manteaux

(ver aqui)

11 April 2014

Ena!... só foram precisos quatro anos (clicar em "candidatos em fila de espera") para que a suspeita sobre a licenciatura da personagem tenha dado origem a inquérito do Ministério Público... agora, é engonhar um bocadinho e a coisa prescreve