07 January 2017

3 comments:

alexandra g. said...

fora ainda vivo, o meu pai teria a mesma idade, 92 anos, mas morreu aos 68. Chamava-lhe Bochechas (o meu pai era um homem lindo, conseguiu morrer lindo, carregado de metástases e sedado, sem sequer jamais se ter queixado de dores).

não sinto nada, só lamento o funeral católico do meu pai, aquilo do melhor amigo colocando-lhe aquele cravo - oh, o cravo! - entre as mãos antes de fecharem a urna, ele que sempre odiou flores nos funerais.

lamento as figuras de proa, excepção feita à vitória de samotrácia.

alexandra g. said...

ainda sobre as fontes, querido Johnny,

nenhum, nem o meu pai, nem o Soares, tinha/teve razão :)

João Lisboa said...

:-)