17 January 2012

PARECE QUE, DEPOIS DA EXPO, DA BOLA, DO "MAGALHÃES" E DO FADUNCHO, A PÁTRIA ENCONTROU DEFINITIVAMENTE O SEU GRANDE DESÍGNIO: O PASTEL DE NATA (RESTA SABER SE A REGIÃO DE ORIGEM SERÁ "EUROPE'S WEST COAST" OU "A FLORIDA DA EUROPA")



Um bravíssimo exército de pastéis de nata prepara-se para dominar o mundo

(2012)

10 comments:

Táxi Pluvioso said...

Somos país de camanés. Vamos para cima deles! Exportemos! O nosso desígnio está quase cumprido.

E agora o presidente Báráque, o Hugo Chávez da malta de bem, da malta estudada, licenciada, de boa zona da cidade, iluminada pelo saber, sabedora da verdade, na qual eu me incluo, rezo sempre que seu nome pronuncio - aliás, aquele seu queixo à Mussolini, quando ele do the mussolini nos discursos, é de uma carga sexual terrivelmente magnética, atraindo as mulheres e o lado feminino dos homens, já sucedia o mesmo com o original, antes de ser enforcado - agora o presidente Báráque com a sua lei do copyright vem proteger os nossos pastéis. Viva! e que a Internet em inglês feche para sempre!!!

Táxi Pluvioso said...

... isto é, a Wikipédia e toda a Internet em inglês (americano).

pcristov said...

pastéis de nata já há aqui aos milhões, em qualquer pequena pastelaria, supermercado e filial da kfc. ninguém quer saber da origem. “internacionalização dos pastéis de nata” é patético demais para sequer ter piada.

João Lisboa said...

"Somos país de camanés"

???... era bom, era...

"pastéis de nata já há aqui aos milhões, em qualquer pequena pastelaria, supermercado e filial da kfc"

A sério?... Made in PRC?

pcristov said...

yes, sir.

João Lisboa said...

E como se chama no linguajar dos indígenas?

pcristov said...

蛋撻 (dàntà - egg tart) ou 葡式蛋挞 (Pú shì dàntà - macanese egg tart). na realidade, aqui, são a mesma coisa. obrigado por perguntares.

João Lisboa said...

谢谢

pcristov said...

不客气

João Lisboa said...

:-)