10 November 2015

A próxima vez que ouvir dizer "acórdos" 
não respondo por mim

5 comments:

Anonymous said...

http://observador.pt/especiais/o-portugues-devora-se-a-si-mesmo/


Táxi Pluvioso said...

Então, então, os desacordistas têm que aceitar a vida, é chato é, (that´s life), em língua camone é reign on me, mas essa é que devia ser a língua do Camões, não sendo, que a língua de todos nos dê prazer, não digo aos homens, que isso sei que é impossível, que dê aos migrantes (que eu não conheço muito bem o que há por cá).

João Lisboa said...

Bom texto.

alexandra g. said...

Responde por mim, então, peço-te, que o gasóil está pelas horas da morte e eu habito o 'interior desertificado' :)

João Lisboa said...

:-)))))