04 November 2015

4 comments:

Anonymous said...

Nobody fucks with the Jesus, nem o Ron:

https://www.youtube.com/watch?v=eFrsoyMcrc0

João Lisboa said...

:-)

alexandra g. said...

Adoro o teu pai (era para ter começado a afirmação com um 'foda-se', mas pareceu-me demasiado elaborado diante daquele portento de escrita :)

Depois, fora eu a filha, não colocaria jamais o nome dele (que toda a gente sabe quem é, mais o filho) em label. Colocaria, isso sim, Pai.

Pai. Um gajo do caralho, com uns tomates que três quartos de trintolas neste país, em literatos, pensam que se servem para salada com cebola, azeite, vinagre e sal, sem sequer terem experimentado a versão espanhola (onde a comi, que isto das origens é sempre coisa dúbia), a do alho, azeite, oregãos e sal.

Pai. Vivo, vivíssimo, exemplar.

Ainda levas um murro, tamanha a inveja que sinto de ti e apesar de teres a quem sair :)

João Lisboa said...

:-)))))))))))))