04 January 2013

EM PROL DOS BONS COSTUMES E DA DISCRIMINAÇÃO POSITIVA DOS JOVENS MACHOS DA ESPÉCIE (SOCIAL, CULTURAL E, QUIÇÁ, GENETICAMENTE DESFAVORECIDOS), EIS AS "CIÊNCIAS" DA EDUCAÇÃO EM TODA A SUA GLÓRIA BETA E REAÇA

15 comments:

Anonymous said...

rwek [url=http://www.bootswould.com]cheap uggs boots[/url]
uggs sydney present remedied


ehtz [url=http://www.bootssay.com]ugg boots outlet store[/url]
Nevertheless, normally there can be legitimate locations accessible that provide you with ugg boot price reduction officially likewise. these kinds of ugg boot price reduction may be found in the stores for download on the net. those hateful pounds do hand out reputable uggs discounted. Nonetheless, its recommended that the consumer get him self utilized to reviewing get the job done ugg boots that he has trying to find are genuine or are or else counterfeited(Ugg sheepskin boots Adirondack items Sale).


njoz [url=http://www.bootssay.com]cheap uggs boots[/url]
ugg boots the stakeholders o'connell shoes as ready

margarete said...

não querendo muito ir pela conversa dos sinais dos tempos, mas “voltar a fazer sentido” é uma expressão sinistra que anda a ser demasiado ouvida :|

Anonymous said...

A escola não pode visar apenas bons resultados em testes: ela é um espaço fundamental de aprendizagem de cidadania, respeito, convivência igualitária entre as diferenças e, entre elas, as diferenças de sexos. Como fazer isso em escolas separadas?”
escolas diferenciadas por sexo são herança da tradição religiosa em que a docência ficava a cargo de padres e freiras e os valores morais ditavam ser inadequada a convivência entre jovens dos dois sexos
Passaremos também a ter escolas para pretos e branco? judeus e cristãos? Ciganos e ucranianos?

Anonymous said...

Eu concordo, desde que pelo menos para os rapazes introduzam mais uma disciplina o Onanismo . Vai ser preciso.

João Lisboa said...

A "lógica" da coisa explicada aqui

http://lishbuna.blogspot.pt/2010/01/pandilha-dos-cientistas-da-educacao.html

é de arrepiar.

(é pena que o artigo original do "Público" esteja, agora, só disponívek para os assinantes do Belmiro...)

João Lisboa said...

"Onanismo" não é handjob, é "coitus interruptus". Erro comum, mas erro na mesma.

Anonymous said...

O pecado de Onán (cujo nome dá origem a palavra onanismo, que atualmente´é sininimo de masturbação), descrito no capítulo 38 do Genesis, não devia masturba-se senão negarse a procriação. Na Idade Média, os teólogos estavam mais inclinados a sodomía(em plena época de auge dos monastérios) e de outras condutas sexuais de consequencias sociais diretas, como o adultério. O autor situa ao redor de 1712, com a plublicação de um pequeno livro de título longo que começava assim: Onani, o altroz pecado da Autopolui

Fonte: http://pt.shvoong.com/books/1766842-sexo-solit%C3%A1rio-uma-hist%C3%B3ria-cultural/#ixzz2H24d4fAJ

João Lisboa said...

???

Anonymous said...

????? what?

João Lisboa said...

... é que não se percebe nada...

Anonymous said...

E agora ?
A maioria das pessoas, quando ouve a palavra acima, logo pensa em sacanagem. Mas, vejam! É uma expressão culta e até - eu diria - divina, pois a sua origem está no Antigo Testamento, em Gênesis, e aqui resumida. Judá teve três filhos homens, sendo Onan o segundo. O primogênito casou-se com Tamar. Este primogênito aprontou alguma que irritou o Senhor, que o liquidou. Entre os bacanas da época o regime de casamento era o Levirato, que procurava garantir a perpetuação do nome familiar obrigando o irmão do morto a casar com a viúva e assim gerar uma prole. Levir, no latim culto, significava "cunhado" (no popular, era "cognato"), daí o nome do regime. Onan viu-se obrigado a casar com Tamar, o que fez muito a contragosto, pois sabia que, pela lei, os filhos dele seriam considerados como sendo do irmão. Então, segundo está escrito no Antigo Testamento, para não gerar filhos "Onan jogava suas sementes à terra". O Senhor descobriu isso e também o liquidou. Por isso, por ser o primeiro efetivamente identificado, modernamente Onan passou a ser considerado o "pai dos punheteiros" e todo aquele fiel seguidor da prática é reconhecido como onanista ou praticante do onanismo. Ahhhh! Você deve estar pensando: - "Tadinha da Tamar, viúva duas vezes e sem filhos!!" Que nada... A danadinha casou-se com o terceiro irmão, tiveram um par de gêmeos e foram felizes para sempre! (fonte: "A Casa da Mãe Joana", ed. Campus, livro de Reinaldo Pimenta). De tudo isso eu fico impressionado mesmo é com estes relatos bíblicos: toda vez que eu leio ou escuto alguma historinha ligada à Bíblia - lá sempre está o Senhor autoritário - só nesta curtinha aí de cima fulminou dois que não rezavam pela cartilha Dele... Caramba!! O Cara era foda.

João Lisboa said...

"Onan jogava suas sementes à terra"

Coitus interruptus.

Anonymous said...

Pronto já vi que estamos dogmáticos.

João Lisboa said...

Não é doggmatismo: o Onan não abdicou de dar umas quecas com a cunhada viúva mas, na hora H, "jogava suas sementes à terra".

"Then Judah said to Onan, “Sleep with your brother’s wife and fulfill your duty to her as a brother-in-law to raise up offspring for your brother.” But Onan knew that the child would not be his; so whenever he slept with his brother’s wife, he spilled his semen on the ground to keep from providing offspring for his brother. What he did was wicked in the LORD’s sight; so the LORD put him to death also"

http://books.google.pt/books?id=IXVGBv2eEroC&pg=PA48&lpg=PA48&dq=onanism%2Bcoitus+interruptus&source=bl&ots=PB5bD0OdMz&sig=OyWYSB-YI-FXZEiVN1xFe7fRmc4&hl=en&sa=X&ei=RdjoULrcPI20hAeMw4CwDA&ved=0CD0Q6AEwAzge#v=onepage&q=onanism%2Bcoitus%20interruptus&f=false

margarete said...

caramba :|